yes, therapy helps!
As 6 diferenças entre capitalismo e socialismo

As 6 diferenças entre capitalismo e socialismo

Setembro 26, 2022

Em parte, o que aconteceu em escala global durante os últimos séculos tem a ver com a luta entre o capitalismo e o socialismo. A maneira como esses dois sistemas econômicos, políticos e ideológicos se relacionam entre si tem sido um dos principais motores da história, pois provocou crises militares, criou iniciativas políticas e sociais e modificou nossa maneira de pensar.

Neste artigo vamos ver quais são os principais diferenças entre socialismo e capitalismo e quais são as idéias nas quais elas são baseadas.

  • Artigo relacionado: "Os 4 tipos de ideologia que existem e os valores que eles defendem"

Diferenças entre capitalismo e socialismo

Tenha em mente que hoje não há lugares onde haja capitalismo puro e puro socialismo , mas, por causa de sua oposição, o que acontece em um sempre faz com que algo mude no outro.


Dito isto, vamos ver como eles diferem.

1. O papel atribuído ao Estado

No capitalismo, o Estado é visto principalmente como uma entidade que é responsável por impedir que os habitantes do mesmo violem os direitos fundamentais de seus concidadãos, atacando ou roubando e destruindo fisicamente os elementos de sua propriedade. Além disso, o Estado pode colocar mais ou menos ênfase na redistribuição .

No socialismo, por outro lado, o Estado é visto como um mecanismo pelo qual uma classe social impõe seus interesses ao outro. Por essa razão, minorias abastadas podem se proteger das tentativas de coletivizar recursos.

Então, um dos principais objetivos do socialismo é faça o estado desaparecer completamente . É claro que, nesse aspecto, os comunistas e anarquistas diferem: os primeiros acreditam que esse processo deve ocorrer ao longo dos anos, enquanto os segundos acreditam na possibilidade de aboli-lo em questão de horas.


2. Crítica da propriedade privada, ou a ausência dela

A propriedade privada é a pedra angular do capitalismo, uma vez que o capital é sempre algo que pertence a uma série de pessoas concretas e não ao mundo inteiro. É por isso que neste sistema econômico e produtivo Muita atenção é dada à defesa da propriedade privada .

No socialismo, por outro lado, supõe-se que a propriedade privada não tem razão para ser, e que a coletivização de recursos é desejável (embora algumas de suas variantes defendam apenas a coletivização dos meios de produção, não de nenhuma boa ).

3. Ênfase na liberdade ou ênfase na igualdade

No capitalismo, o que importa é que todos tenham a capacidade de escolher entre tantas opções quanto possível, pelo menos teoricamente. Entende-se, portanto, que a ausência ou a escassez de proibições e a existência de um amplo repertório de ações a serem realizadas e de produtos para aquisição equivalem a liberdade.


No socialismo, por outro lado, escapa ao consumismo e o princípio da igualdade é mais defendido já que sem isso há pessoas que são forçadas a escolher entre uma faixa estreita e opções pouco atraentes, porque existe uma classe dominante (o que, na prática, significa que não há liberdade).

  • Talvez você esteja interessado: "Os 10 tipos de valores: princípios que governam nossas vidas"

4. Um é motivado para competir, o outro não

Outra das grandes diferenças entre socialismo e capitalismo é que, no segundo, as pessoas são educadas para competir umas com as outras, dado que não há garantia mínima garantida de qualidade de vida sistematicamente para a maioria da população.

No socialismo, nem tudo gira em torno da competição, o que não significa que você não trabalha (se você não o faz quando você é capaz, há sanções). Isso porque neste sistema as necessidades básicas são atendidas.

5. sistema de produção

No capitalismo, é dada especial atenção à necessidade de produzir e abrir constantemente novos tipos de mercados, criando produtos ou serviços. Isso porque, devido à lógica de sua atuação voltada para a competitividade, sempre há entidades ou pessoas interessadas em deslocar a concorrência e vender para seus clientes, ou abrir um novo nicho de mercado com um produto ou serviço que não tem nada semelhante ao que competir.

No socialismo, no entanto, não há necessidade de produzir constantemente novos bens e serviços, mas apenas quando há uma necessidade clara.

6. Segmentação ou não no interesse individual

No capitalismo prevalecem as vontades dos indivíduos, o que significa que a ideia de uma economia planejada é rejeitada. Isso é porque entende-se que deve haver liberdade de mercado , entendido como um contexto em que existem as regulamentações mínimas possíveis na troca de bens e serviços.Além disso, supõe-se que o valor de um bem ou serviço é subjetivo, de modo que todos aqueles cujo marketing é viável têm razão para ser: se alguém o compra, é útil.

No socialismo, no entanto, a ênfase é colocada em interesses coletivos, por isso trata-se de abordar fenômenos que afetam o mundo todo, como a crise da preservação ambiental ou o sexismo. O mercado ainda existe, mas isso é visto como um meio pelo qual elementos objetivamente úteis circulam para a população.


DIFERENÇAS ENTRE O CAPITALISMO E O SOCIALISMO. (Setembro 2022).


Artigos Relacionados